30
Sáb
Jul

AMAZONAS GREEN JAZZ FESTIVAL 2022 - AARON PARKS LITTE BIG e LEILA PINHEIRO E AMAZONAS BAND

20:00
Teatro Amazonas
Manaus - AM

PLATEIA

PLATEIA (Inteira)

R$ 100,00

R$ 12,00

R$ 0,00

PLATEIA (Meia)

R$ 50,00

R$ 6,00

R$ 0,00

FRISAS

FRISAS (Inteira)

R$ 100,00

R$ 12,00

R$ 0,00

FRISAS (Meia)

R$ 50,00

R$ 6,00

R$ 0,00

CAMAROTE 1º PAVIMENTO

CAMAROTE 1º PAVIMENTO (Inteira)

R$ 80,00

R$ 9,60

R$ 0,00

CAMAROTE 1º PAVIMENTO (Meia)

R$ 40,00

R$ 4,80

R$ 0,00

CAMAROTE 2º PAVIMENTO

CAMAROTE 2º PAVIMENTO (Inteira)

R$ 60,00

R$ 7,20

R$ 0,00

CAMAROTE 2º PAVIMENTO (Meia)

R$ 30,00

R$ 3,60

R$ 0,00

CAMAROTE 3º PAVIMENTO

CAMAROTE 3º PAVIMENTO (Inteira)

R$ 30,00

R$ 3,60

R$ 0,00

CAMAROTE 3º PAVIMENTO (Meia)

R$ 15,00

R$ 1,80

R$ 0,00

Você pode doar R$ 1,00 do seu pedido e colaborar com a Fundação Fenômenos. Saiba mais
R$ 1,00

TOTAL R$ 0,00

"AARON PARKS LITTE BIG" E "LEILA PINHEIRO & AMAZONAS BAND"

Classificação Indicativa: 12 anos
Duração: 2h30min

AARON PARKS LITTE BIG
Nascido em Seattle, Aaron Parks começou a estudar piano muito cedo. Aos 16 anos seguiu para Nova Iorque, tendo estudado na Manhatan School of Music onde foi aluno de Kenny Barron. Com apenas 18 anos passou a fazer parte do grupo de Terence Blanchard com quem gravou 4 álbuns, dentre os quais um que lhe rendeu um prêmio Grammy. Após esse início tocou com a nata do jazz nova iorquino, entre os quais figura o saxofonista Will Vinson com quem Parks se apresentou no FAJ em 2008.

LEILA PINHEIRO & AMAZONAS BAND
Estrela do primeiro time da música popular brasileira, Leila Pinheiro é intérprete, compositora e pianista. Começou a estudar piano aos dez anos de idade. Aos vinte, desiste da faculdade de Medicina e realiza seu primeiro espetáculo, Sinal de Partida, em outubro de 1980, em Belém,PA, sua cidade natal, onde estreou como cantora. Em maio de 1981, passa a morar no Rio de Janeiro e grava seu primeiro LP de maneira independente com produção de Raimundo Bittencourt. Excursionou com o Zimbo Trio em shows pelo exterior em 1984, mas o sucesso veio na verdade em 1985, quando ganhou o prêmio de cantora-revelação no Festival dos Festivais, da TV Globo, ondedefendeu o samba Verde - de Eduardo Gudin e José Carlos Costa Neto - seu primeiro grande sucesso. Músicos da grandeza do maestro Tom Jobim, do cantor e compositor Chico Buarque, do violonista Toninho Horta, do guitarrista americano Pat Metheny e dos também pianistas e compositores Francis Hime, Ivan Lins e João Donato participaram de seus trabalhos. Seu CD "Benção, bossa nova" (1989), celebrou as três décadas da bossa no Brasil e no Japão, com Leila e um de seus maiores criadores - Roberto Menescal. "Coisas do Brasil" (1993), produzido pelo pianista Cesar Camargo Mariano, e "Catavento e Girassol" (1996), com as parcerias de Guinga e Aldir Blanc, são três grandes referências da intérprete, suas escolhas e parceiros. Leila Pinheiro é sinônimo da melhor música brasileira: clássica, moderna, eterna.

VEJA OUTRAS SESSÕES DO FESTIVAL


Recomendado o uso de máscara em locais fechados e, em qualquer ambiente por pessoas de 70 anos ou mais e apresentação do comprovante de Vacina do COVID -19 conforme Decreto nº 45.288.