10
Sáb
Nov

Moacyr Luz / Samba do Trabalhador

17:00
Arena Girassol
São Paulo - SP

INGRESSO
1º LOTE

INGRESSO

R$ 25,00

R$ 4,50

R$ 0,00

TOTAL R$ 0,00

MOACYR LUZ E SAMBA DO TRABALHADOR

A história do Samba do Trabalhador começou em 2005 quando o compositor Moacyr Luz,
pensando em criar uma roda de samba numa segunda-feira à tarde, desejava dedicar o espaço
aos artistas que se ocupam nos fins de semana. O evento virou um fenômeno e está há 12 anos
em cartaz.
Capa dos principais jornais brasileiros e até em mídias estrangeiras, o Samba do Trabalhador
ultrapassou limites. Já gravou 3 CDs e 2 DVDs, que se transformaram em referência. O samba do
Trabalhador faz shows e rodas de samba regulares nas maiores cidades e estados do Brasil e já
tem público consolidado em locais como: São Paulo, Belo Horizonte, Manaus, Porto alegre, Belém,
Brasília, Campinas etc.
Formado por nove músicos que se dividem também como interpretes, o trabalho é construído
através do repertório autoral de Moacyr e compositores fundamentais na história do samba
Brasileiro: Moacyr Luz - voz e violão; Daniel Neves - violão de 7 cordas; Gabriel Cavalcante - voz e
cavaco; Alexandre Nunes - voz e cavaco; Alvaro Santos - voz e percussão; Luiz Augusto -
percussão; Nilson Visual - surdo; Junior de Oliveira – percussão e Mingo Silva - voz e pandeiro.
Em 2015, o Samba do Trabalhador comemorou 10 anos, ininterruptos de atividade e lançou o mais
recente Cd, Moacyr Luz e Samba do Trabalhador – 10 anos & outros Sambas, com 9 músicas
inéditas.
Já em 2016, foi lançado o livro, Segunda-Feira, a história do Samba do Trabalhador, do jornalista
Daniel Brunet, o qual conta a história dos 10 anos do grupo, a história do Clube Renascença e 100
verbetes de sambistas cariocas.
Também em 2016, assinou com a Universal Music e gravou cd e dvd no Pirajá, em São Paulo,
lançado em 2017 em a parceria Canal Brasil e Universal. Participaram do cd Zeca Pagodinho,
Teresa Cristina, Rildo Hora, Ricardo Silveira e Leila Pinheiro.
Foi vencedor do 27° e do 29º Prêmio da Música Brasileira como Melhor Grupo
de Samba. E sucesso de público e crítica nas cidades do estado de São Paulo, principalmente no Circuito Sesc!